A vitamina D pode ser considerada um hormônio?

A vitamina D, um nutriente lipossolúvel, é questionada pela comunidade científica em sua definição. Para alguns estudiosos, a “vitamina do sol” é um hormônio, ou seja, uma substância produzida pelas glândulas endócrinas e liberada na corrente sanguínea, colaborando com o comportamento do metabolismo.

Quando a dúvida é sobre alimentos com vitamina D, aposte em carnes e frutos do mar

“Estudos recentes demonstram que a vitamina D tem funções regulatórias vitais, isto é, regula a expressão de mais de 1000 genes, participando decisivamente do funcionamento de vários órgãos e sistemas. Por isso, alguns cientistas e estudiosos sugerem que a vitamina D seja considerada um “hormônio”, afirma a médica pediatra e professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) Ana Escobar, de acordo com o G1.

Mesmo com a discussão científica sobre a definição dessa substância, ela continua sendo muito importante para o corpo. Contudo, a tendência brasileira, principalmente no isolamento, é de que a sua deficiência tome grandes proporções. Segundo estudos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em 2011, 99,6% dos homens e 99,2% das mulheres (entre 19 e 59 anos) têm níveis insuficientes de vitamina D, A, C e E, cálcio e magnésio no organismo.

Falta de vitamina D e tratamento

De acordo com o Ministério da Saúde, saiba algumas das consequências da falta dessa vitamina no organismo:

 1) Raquitismo, doença caracterizada pela quantidade inadequada de minerais no campo ósseo, deixando-o mais vulnerável e suscetível às lesões e deformações;

2) Osteoporose, que se define por uma doença metabólica em que a densidade óssea diminui progressivamente;

3) Aumento da ocorrência de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, câncer e síndrome metabólica;

4) Aumento da ocorrência de infecções.

O tratamento recomendado para essa deficiência de vitamina deve ser passado por médicos especializados, pois o profissional saberá a gravidade dessa hipovitaminose e como tratá-la com mais eficiência. Contudo, o simples ato de tomar um “banho de sol” por 10 ou 15 minutos e ter uma alimentação saudável farão diferença na sua taxa no organismo.

“Para que serve vitamina D” e “onde encontrar vitamina D” são buscas comuns quando se pensa em investir em saúde

Somado a isso, um dos meios recomendados pelo Institute of Medicine (IOM), segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), para suprir essa insuficiência de vitamina é, também, o uso de suplementos, os quais oferecem para os indivíduos o fortalecimento da imunidade, o combate ao processo rápido de envelhecimento, a regulação do metabolismo e a prevenção de doenças.

Apesar de boas marcas serem destaque, é importante procurar por diversos tipos de loja de suplementos que forneçam ao consumidor informações acerca do produto, além de diferentes opções para que seja tomada a melhor decisão. A loja Quero Tudo Natural é muito confiável: diante de várias possibilidades, é possível encontrar suplementos importados de marcas como a Solgar, Nu U Nutrition e Health Origins, que são indicadas para a melhoria da deficiência de vitamina D3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *