Phytolacca – Usos, benefícios e origem.

Phytolacca é um gênero de plantas perenes que há muito tempo são usadas pelos nativos americanos na medicina tradicional. Alguns dos membros do gênero são conhecidas como pokeweeds, poke sallet, pokeberry, pokebush ou pokeroot.

As plantas Phytolacca são geralmente encontradas no norte e centro da América do Norte, dos estados da Nova Inglaterra a Minnesota e ao sul da Flórida e Texas. Elas também são cultivados na Grã-Bretanha. Prosperantes em solos úmidos e férteis em clareiras e prados, margens de estradas e margens de bosques.

Algumas tribos nativas americanas os utilizavam na feitiçaria, acreditando que elas tinham propriedades purgativas que podiam livrar o corpo de espíritos malignos por meio da diarreia drástica e vômito.

Lista de nutrientes

  • Betacaroteno
  • B43-PAP
  • Carboidrato
  • Ácidos graxos
  • Luteína
  • Vitamina B3 (niacina)

Usos medicinais

A Phytolacca tem propriedades alternativas, anti-HIV (síndrome da imunodeficiência humana), antiescorbúticas (prevenção do escorbuto), catárticas, parasiticidas, anódinas (analgésicas), anti-inflamatórias, linfagogas, anticâncer, antirreumáticas, antivirais e expectorantes.

Uma nova pesquisa apontou para sinais de que a leucemia infantil poderia ser tratada com uma imunotoxina encontrada em pokeweeds, chamada B43-PAP. Suas duas partes incluem o anticorpo B43 (ou anti-CD19) e a imunotoxina da proteína antiviral pokeweed. Sua coordenação funciona assim: uma vez que o anticorpo B43 encontra uma célula de leucemia, ele se liga à célula, e o PAP traz seu medicamento para a célula, neutralizando-a efetivamente.

As Phytolacca são um bom tratamento para a caxumba, uma condição caracterizada pelo inchaço das glândulas salivares, alguns dias de febre, dores musculares e cansaço.

Crianças que estão começando a colocar seus dentes devem receber uma decocção das plantas para remover o desconforto de fazer crescer novos dentes.

Excelentes para a pele, as phytolacca tratam a sarna que é caracterizada por uma erupção cutânea que se parece com pequenos inchaços vermelhos e bolhas que se espalham por toda a parte do corpo afetada, além de úlceras aftosas ou feridas ovais que são encontradas nas áreas onde a pele não está fortemente ligada os ossos, como o interior da boca, as bochechas ou debaixo da língua. Elas também eliminam verrugas, acne, furúnculos, eczema e psoríase.

As Phytolacca podem ser usadas para combater infecções, tratar o tétano, adquirido quando uma bactéria entra em uma ferida e, podem até ser usados ​​para tratar um abscesso (dolorosa coleção de pus causada por uma área infectada do corpo).

SISTEMAS CORPORAIS BENEFÍCIADOS.

As plantas Phytolacca são benéficas para o sistema reprodutor feminino. Elas podem ser ingeridas para tratar doenças da mama, como mastite e tumores de mama. São capazes até ser usadas ​​para parar a leucorreia, ou a secreção amarelada de muco da vagina decorrentes de doenças sexualmente transmissíveis como gonorreia e sífilis, além de inflamações do ovário.

O sistema digestivo é o outro sistema beneficiado pela planta já que servem como tratamento para distúrbios abdominais e fissuras anais, que são rupturas no revestimento do reto inferior, causadores de dor durante a evacuação, edema e estomatite.

As Phytolacca fazem bem para o sistema respiratório. Sendo usados ​​para tratar o laringismo ou espasmos na laringe que causam dificuldade em respirar; ozena, uma doença nasal crônica que se caracteriza por secreção odorífera e difteria, uma infecção bacteriana da garganta e do nariz.

Já para o sistema cardiovascular, elas podem aliviar a angina que é a dor no peito que ocorre quando o músculo cardíaco não recebe sangue rico em oxigênio suficiente.

O sistema ocular sendo o próximo na lista com o tratamento da diplopia ou visão dupla.

O sistema excretor, elas podem ser usadas ​​para tratar a proteinúria ou o acúmulo de proteínas na urina, o que pode levar à doença renal.

Por fim, as phytolaccas são boas para o sistema muscular, pois, tratam a neuralgia, que é caracterizada por uma forte dor facial aguda devido a danos nos nervos.

DICAS DE USO

As bagas de Phytolacca são muito venenosas quando consumidas cruas, causando diarreia e vômitos. Elas devem ser preparadas para o consumo de modo que quaisquer incidentes indesejáveis não aconteçam.

As suas frutas frescas, no entanto, podem ser transformadas em um corante vermelho que a tribo nativa usava para pintar cavalos e peças de roupa.

VEJA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *