Carcinoma adrenocortical: causas, efeitos colaterais e tratamentos

Carcinoma adrenocortical: causas, efeitos colaterais e tratamentos

O carcinoma adrenocortical (ACC) é um câncer raro e freqüentemente agressivo, causado por um tumor na camada externa da glândula adrenal, chamado córtex. As glândulas supra-renais desempenham um papel importante no sistema endócrino, que é o sistema que produz e regula os hormônios que controlam o metabolismo e a pressão arterial. O ACC pode desencadear a produção excessiva desses hormônios.

Existem dois tipos de carcinoma adrenocortical:

  1. Tumores funcionais – aumentam a produção de hormônios adrenais. Grandes quantidades de cortisol, testosterona e aldosterona (hormônio que regula a pressão arterial) são geralmente encontradas no corpo.
  2. Tumores que não funcionam – não aumentam a produção hormonal das glândulas adrenais.

A maioria dos tumores nas glândulas adrenais não é cancerígena. Apenas 5 a 10% dos tumores adrenais são malignos.

Efeitos colaterais conhecidos do carcinoma adrenocortical

O ACC pode produzir os hormônios cortisol, aldosterona, estrogênio ou testosterona, bem como outros hormônios. Nas mulheres, o tumor costuma liberar esses hormônios, o que pode levar a características masculinas.

O cortisol ajuda o corpo a usar açúcar, proteínas e gorduras. Ter muito desse hormônio pode causar:

  • Aumento de peso no abdômen, rosto, pescoço e tórax
  • Crescimento excessivo de pelos no rosto, peito, costas ou braços
  • Estrias roxas ou rosa na barriga
  • Um caroço de gordura atrás do pescoço e ombros
  • Aprofundamento da voz
  • Inchaço dos órgãos sexuais ou seios (em homens e mulheres)
  • Períodos menstruais irregulares (em mulheres)
  • Fadiga severa e fraqueza muscular
  • Hematomas fáceis
  • Fraturas ósseas
  • Mau humor e / ou depressão
  • Açúcar alto no sangue
  • Pressão alta

Os sintomas de aumento de aldosterona são iguais aos sintomas de baixo teor de potássio:

  • Cãibras musculares
  • Fraqueza
  • Dor abdominal
  • Micção frequente
  • Com sede
  • Acúmulo de fluido nos tecidos do corpo

Você pode correr um alto risco de desenvolver ACC se:

  • São mulheres
  • Têm entre 40 e 50 anos
  • Tem uma doença hereditária que afeta as glândulas supra-renais
  • Ter outra forma de câncer agressivo

Os sintomas em crianças são diferentes. Um aumento nos hormônios sexuais masculinos pode causar:

  • Excesso de pelos faciais, púbicos e nas axilas
  • Um pênis aumentado (em meninos)
  • Um clitóris aumentado (nas meninas)

Um excesso de hormônios sexuais femininos pode causar:

  • Puberdade precoce (em meninas)
  • Aumento dos seios (em meninos)

Crianças menores de cinco anos correm maior risco de ACC. No entanto, é um câncer raro, o que significa que ter um ou mais fatores de risco não garante o seu desenvolvimento.

Sistemas corporais prejudicados pelo carcinoma adrenocortical

O câncer adrenocortical pode se espalhar para outras partes do corpo, incluindo pulmões, fígado ou ossos.

Alimentos ou nutrientes que podem prevenir o carcinoma adrenocortical

A maioria dos tumores da glândula adrenal não está relacionada à história familiar, mas alguns estão ligados a defeitos genéticos. Portanto, não existe um plano de prevenção concreto para ACC. No entanto, existem certos alimentos que curam as glândulas supra-renais. Estes são ricos em:

  • Vitamina B – As vitaminas B aumentam a atividade das glândulas supra-renais e também aumentam os níveis de energia em momentos de estresse. Os alimentos ricos em vitamina B são carne bovina, atum, aveia, peru, castanha do Brasil, banana, batata, abacate e legumes.
  • Vitamina C – as supra-renais requerem este nutriente para produzir cortisol. Alimentos ricos em vitamina C incluem frutas cítricas, frutas vermelhas, pêssegos, manga, brócolis, couve de Bruxelas, folhas verdes e tomates.
  • L-tirosina – A L-tirosina auxilia na função adrenal, aliviando o excesso de estresse colocado nas glândulas. As fontes de tirosina incluem peixes, frango, porco, grãos inteiros, trigo, aveia, laticínios, abacates, bananas, legumes, nozes e sementes.

Tratamentos, planos de gestão para carcinoma adrenocortical

O tratamento primário para o ACC é a remoção cirúrgica do tumor e do tecido circundante na glândula adrenal. Dependendo do estágio do seu câncer, estes são outros tratamentos disponíveis:

  • A quimioterapia usa drogas para matar células cancerosas no corpo.
  • A radiação pode ser usada para matar células cancerosas. Existem dois tipos de terapia de radiação – a terapia externa é aplicada de fora do corpo, enquanto a terapia interna aplica substâncias radioativas diretamente no tumor, dentro do corpo.
  • A terapia biológica usa seu próprio sistema imunológico e corpo para destruir o câncer.

Você também pode gostar

Desintoxicação após tratamento de câncer

Câncer: Um tipo de nutrição.

Luisa Costa

Veja Notícias

Outros artigos

How to mingle with a woman

It can be tempting to sing activities or operate a little ridiculous when trying to kiss with a female. But this wo https://plus.catholicmatch.com/articles/category/...

Ler artigo

Hobby Dating Site

Fetish dating page is a group that connects people who share a variety of intimate pursuits. They have a large community of users who may chat readily on their priva...

Ler artigo