Extrato de chá verde – Descubra seus benefícios e usos.

O chá, que tem o nome científico de Camellia sinensis, pertence à família Theaceae, possui duas variantes: o chá verde e o chá preto.

A planta do chá é um arbusto perene que pode atingir uma altura de dois metros ou seis pés. É cultivado principalmente no leste da Ásia, mas também está localizado na África e no Oriente Médio. O gênero Camellia leva o nome do reverendo George Kamel, da Sociedade de Jesus (1661-1706), que nasceu na Tchecoslováquia e se tornou botânico e missionário nas Filipinas.

O chá é usado tanto na medicina ayurvédica quanto na tradicional chinesa.

Como tal, o extrato de chá verde é uma das bebidas mais nutritivas do mundo, repleto de antioxidantes que podem nutrir sua saúde e bem-estar. Atualmente, o chá verde é a bebida mais consumida em todo o planeta além da água.

Lista de nutrientes

  • Aminoácido
  • Cafeína
  • Catequina
  • Galato de epigalocatequina
  • Fluoreto
  • L-teanina
  • Oxalates
  • Fitonutrientes
  • Polifenóis
  • Tanino
  • Teobromina
  • Teofilina

Usos medicinais do extrato de chá verde

O chá verde tem propriedades analgésicas, antiespasmódicas, antivirais, adstringentes, circulatórias, nervosas, refrescantes e estimulantes.

O chá verde é bom para quem pretende perde peso, pois, proporciona um metabolismo e oxidação de gordura mais rápidos, queimando assim a gordura corporal indesejada e tornando-se uma boa parte de um plano de perda de peso. Na verdade, os extratos de chá verde que contêm 208 miligramas de galato de epigalocatequina (EGCG) mostraram ter efeitos benéficos no índice de massa corporal, estado antioxidante total e perfis lipídicos.

Também foi descoberto que o EGCG pode aumentar as habilidades de queima de gordura do corpo em 33 por cento, tornando-o um favorito de atletas profissionais e fisiculturistas.

O chá verde pode ajudar a regular o açúcar no sangue e o nível de glicose do corpo, prevenindo assim o aparecimento de diabetes. Na verdade, beber três a quatro xícaras de chá verde por dia pode diminuir o risco de contrair diabetes tipo 2.

O chá verde tem habilidades de combate ao câncer e de inibição da formação de tumor. O seu teor de polifenóis é o responsável por isso, fazendo do chá verde um fornecedor de propriedades antioxidantes, necessárias para combater os radicais livres que causam uma cadeia de reações que levam ao desenvolvimento de células cancerígenas. O chá verde pode penetrar nas paredes celulares e neutralizar esses radicais livres.

O chá verde pode aliviar a ansiedade. Seu conteúdo de l-teanina faz maravilhas ao cérebro, induzindo um efeito calmante. Ele também fornece foco mental e clareza. A pesquisa também mostrou que os efeitos calmantes do chá verde podem ajudar a aliviar a necessidade de nicotina, ajudando os fumantes a parar de fumar.

Os extratos de chá verde também fornecem tratamento para um punhado de doenças de pele, como picadas de insetos ou pulgas, erupções cutâneas e queimaduras solares, entre outros.

O chá verde tem propriedades anti-inflamatórias. Seu conteúdo de polifenóis ajuda a combater a inflamação e o inchaço do corpo e a aliviar os sintomas de doenças como a artrite.

Tendo propriedades febrífugas pode ajudar a regular a temperatura corporal, o que é importante para evitar a febre.

O chá é igualmente proveitoso para a pele, cabelo e unhas.

Sistemas beneficiados pelo extrato de chá verde


O chá verde é bom para o sistema cardiovascular, podendo ajudar a controlar os níveis de colesterol ao reduzir a presença de colesterol “ruim” ou lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e aumentando a quantidade de colesterol “bom” ou lipoproteínas de alta densidade (HDL) no corpo; uma contagem alta de colesterol no corpo frequentemente leva ao desenvolvimento de doenças cardíacas. Ele também pode regular os níveis de pressão arterial.

No sistema circulatório, o conteúdo de teobromina presente no extrato do chá verde regula o fluxo sanguíneo por todo o corpo, prevenindo a formação de coágulos sanguíneos que podem resultar em ataques cardíacos e derrames. Ajudando a controlar o sangramento das feridas.

Já no sistema esquelético ele protege a cartilagem entre os ossos e diminui o risco de deterioração óssea, podendo diminuir o risco de contrair a doença de Parkinson e osteoporose.

No caso do sistema digestivo, o chá trata da flatulência, previne o aparecimento de doenças do intestino irritável e regula os movimentos dentro do trato digestivo. Ele similarmente pode inibir o crescimento das células cancerosas do esôfago, estômago, cólon e pâncreas. Na verdade, em um estudo recente, descobriu-se que os homens que bebiam chá verde regularmente tiveram suas chances de desenvolver câncer pancreático diminuídas em 37 por cento.

O chá verde é bom para o sistema excretor, pois ele protege a bexiga dos radicais livres prejudiciais. De fato, em um estudo recente, mulheres que tiveram infecção do trato urinário descobriram que seus sintomas diminuíram e a infecção foi curada mais rapidamente quando adicionaram chá verde em sua dieta diária. Também pode tratar doenças que afetam o fígado. Pessoas que bebem em média cinco xícaras de chá verde por dia têm menos probabilidade de desenvolver doenças do fígado.

Seu benefícios para o sistema reprodutor masculino são devido a sua capacidade de reduz o risco de desenvolver câncer de próstata.

DICAS DE USO

O extrato de chá verde, além de ser líquido, também pode assumir a forma de comprimidos, que são mais potentes do que uma xícara média de chá.

Os nutricionistas recomendam uma dose diária de 240 a 320 mg de polifenóis, enquanto 100 a 750 mg de chá verde por dia são favoráveis.

VEJA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *