Regeneração do cérebro: 12 maneiras de curar células cerebrais

Regeneração do cérebro: 12 maneiras de curar células cerebrais

A regeneração do cérebro é um conceito importante que é crítico no ambiente de hoje. Seu cérebro é o centro de comando do seu sistema nervoso e o centro de todas as funções e sistemas do seu corpo. A saúde do cérebro é essencial para a memória, o aprendizado, a energia mental e o humor e para a prevenção de problemas de saúde mental e distúrbios neurodegenerativos.

Embora a maioria das células cerebrais seja formada no útero e durante a infância, novas pesquisas sugerem que o cérebro é capaz de se regenerar e criar novas células ao longo da vida. Isso significa que você pode manter a saúde do cérebro, a energia mental e a memória mesmo com a idade.

Neste artigo, você aprenderá o que são regeneração cerebral, BDNF e neuroplasticidade e por que são importantes para a saúde do cérebro. Você entenderá as coisas mais comuns que podem danificar seu cérebro. Também compartilharei 12 maneiras poderosas de curar as células do seu cérebro e apoiar a saúde do seu cérebro naturalmente.

O que é regeneração do cérebro?

Seu cérebro é um dos seus órgãos mais importantes. É o centro de todas as funções e sistemas do seu corpo. Ele serve como um centro de comando para o sistema nervoso que percebe estímulos, ativa respostas e obtém e envia sinais por todo o corpo para mantê-lo seguro e saudável. Seu cérebro também é o lugar onde sua memória é armazenada e o aprendizado, a cognição e o crescimento individual estão acontecendo.

Obviamente, a saúde do seu cérebro é crítica e deve ser protegida. Você pode pensar que é normal que seu cérebro diminua com a idade; no entanto, esse não é necessariamente o caso. Nutrição, hábitos de vida e outros fatores afetam a saúde do cérebro. Mais importante, e ao contrário das velhas crenças, seu cérebro é capaz de gerar novas células cerebrais.

Como funciona a regeneração cerebral

A maioria de suas células cerebrais é formada enquanto você estava no útero de sua mãe. Outras células neurais do cérebro se desenvolveram durante a infância. Até as últimas décadas, os médicos acreditavam que um certo nível de degeneração cerebral é inevitável porque seu cérebro tinha uma capacidade limitada de regeneração. Agora sabemos melhor.

Novas pesquisas nas últimas duas décadas sugerem que seu cérebro é realmente capaz de criar novas células ao longo de sua vida e a regeneração do cérebro é possível. Na verdade, seu cérebro ainda cria cerca de 700 novos neurônios por dia no hipocampo. Isso permite que o hipocampo mantenha sua função central.

A ciência da neurogênese sugere que exercícios aeróbicos, exercícios para o cérebro, alívio do estresse e outros hábitos de vida podem estimular a regeneração do cérebro, melhorar a saúde do cérebro e podem ajudar a prevenir ou tratar doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson, ou reverter os danos causados ​​por lesão cerebral traumática.

BDNF e plasticidade sináptica

O fator neurotrófico derivado do cérebro ou BDNF é uma proteína produzida dentro de suas células nervosas para ajudar seu cérebro a se comunicar e funcionar corretamente. Ele protege os neurônios, estimula seu crescimento, melhora suas funções e os ajuda a sobreviver, protegendo-os da morte celular prematura. Ele também fortalece o sinal entre os neurônios ao se ligar aos receptores nas sinapses.

O BDNF é essencial para o funcionamento ideal do cérebro e um elemento-chave na regeneração do cérebro. Ele desempenha um papel importante na aprendizagem e na memória. Ele regula várias funções do corpo, incluindo comer e beber.

Regeneração cerebral e densidade sináptica

As sinapses são junções entre neurônios que permitem a comunicação. A plasticidade sináptica é a mudança que ocorre nas sinapses e afeta a qualidade da comunicação entre dois neurônios. A plasticidade sináptica de curto prazo é uma mudança rápida em menos de um segundo que reverte ao normal rapidamente.

A plasticidade sináptica de longo prazo é uma mudança mais longa que pode durar minutos, horas, dias ou anos. A plasticidade sináptica de longo prazo é crítica para a capacidade de nosso cérebro de armazenar informações e para nossa memória.

A pesquisa mostrou que o BDNF é crítico para o aumento da eficácia sináptica a longo prazo. Além disso, melhora o desenvolvimento neural e a plasticidade sináptica, portanto, pode diminuir o risco de distúrbios neurodegenerativos e psiquiátricos, como demência, doença de Alzheimer, doença de Huntington e depressão.

Coisas que prejudicam a regeneração do cérebro

Sua dieta, estilo de vida e saúde geral têm tudo a ver com a saúde do cérebro. Vamos dar uma olhada nas coisas que podem danificar nosso cérebro.

Desequilíbrios de açúcar no sangue

Comer uma dieta rica em carboidratos processados ​​e açúcar refinado e pobre em vegetais, gorduras saudáveis ​​e proteínas limpas pode levar a desequilíbrios de açúcar no sangue. Os desequilíbrios de açúcar no sangue podem causar irritabilidade, tontura, ânsias, fadiga, flutuações de humor, problemas de memória e névoa do cérebro.

Você pode sentir desejos e fadiga constantes. Um lanche rápido ou uma refeição rica em carboidratos pode parecer dar-lhe energia rápida, mas logo, você sentirá uma queda de açúcar caracterizada por fadiga e confusão mental. Desequilíbrios de açúcar no sangue podem aumentar o risco de diabetes, problemas nos vasos sanguíneos e saúde cerebral comprometida.

Toxicidade Ambiental

As toxinas estão por toda parte. Eles estão em nosso ar poluído, nossa água da torneira, alimentos não orgânicos e processados, produtos plásticos, espaços internos mofados e produtos convencionais de beleza, corpo e casa. Infelizmente, essas toxinas ambientais podem ter um sério impacto em nosso cérebro e na saúde geral.

Neurotoxinas, como etanol (no álcool), glutamato, metais pesados, óxido nítrico, toxina botulínica (no Botox), tetrodotoxina e toxina do tétano, são particularmente prejudiciais à saúde neurológica. A toxicidade ambiental pode aumentar a névoa do cérebro, problemas de memória, ansiedade, entre outros.

Estilo de vida sedentário

O movimento é, obviamente, crítico para sua saúde. Mas é mais do que sua força física, aparência tonificada ou aptidão cardiovascular. O movimento também é crucial para a saúde do cérebro, especialmente para as áreas do cérebro que são importantes para a formação da memória.

Um estilo de vida sedentário causa degeneração das células cerebrais. A pesquisa descobriu que um estilo de vida sedentário pode aumentar o risco de problemas de memória, dificuldades de aprendizagem e declínio cognitivo.

Estresse crônico e maus hábitos de sono

Quando você está passando por estresse, a amígdala, a área do cérebro que participa do processamento emocional, sinaliza ao hipotálamo. Como resposta, o hipotálamo aumenta a frequência cardíaca, estimula a ingestão mais profunda de oxigênio e a respiração mais pesada, aumenta os sentidos, aumenta a adrenalina do corpo e aumenta os níveis de cortisol. Quando o estresse passar, tudo deve voltar ao normal. No entanto, quando você está sob estresse, essa resposta ao estresse nunca acaba.

O estresse crônico leva ao aumento do cortisol no corpo. Entre muitas outras funções, o cortisol ajuda o hipocampo, onde as memórias são armazenadas e processadas. Quando você está sob estresse crônico e há muito cortisol, ele desgasta o cérebro, prejudica a função cerebral e da memória, interrompe a regulação das sinapses e mata as células cerebrais. O estresse crônico tem um efeito seriamente negativo em sua memória e aprendizagem.

O sono ruim regular também pode ter um sério impacto na saúde do cérebro. Pode aumentar o estresse crônico, a fadiga e a inflamação crônica, o que pode levar à névoa do cérebro, problemas de memória, alterações de humor, mau humor e dificuldades de aprendizagem. De acordo com pesquisas, a privação de sono pode até aumentar o risco de demência e doença de Alzheimer.

Infecções intestinais e disbiose

Você já teve problemas de estômago antes de um evento importante, falar em público ou um novo encontro? A conexão entre nosso cérebro e nosso intestino é clara. No entanto, nosso intestino e nosso cérebro não afetam apenas um ao outro a curto prazo durante eventos estressantes ou excitantes. A comunicação entre os dois é contínua, de longo prazo e íntima.

A disbiose intestinal e as infecções intestinais podem aumentar a inflamação no intestino e em todo o corpo. A inflamação crônica afeta todo o corpo, não apenas o cérebro. Desequilíbrio do microbioma intestinal para a cognição do humor e saúde mental. Problemas digestivos, disbiose intestinal e infecções intestinais podem aumentar o risco e os sintomas de névoa do cérebro, problemas de memória, dificuldades de aprendizagem, ansiedade, depressão e doenças neurodegenerativas.

As 12 principais estratégias de regeneração do cérebro

Provavelmente, você deseja dizer adeus à névoa do cérebro, aos problemas de memória, aos problemas de aprendizagem, à fadiga mental e ao mau humor. Você certamente deseja proteger seu cérebro da neurodegeneração, demência e doença de Alzheimer.

Continue lendo para aprender as 12 principais maneiras de proteger e curar as células cerebrais naturalmente. Praticar alguma forma de todas essas estratégias é importante para otimizar sua saúde mental e manter seu cérebro forte e saudável.

Dieta Antiinflamatória

Comer uma dieta antiinflamatória rica em alimentos ricos em nutrientes é fundamental para a saúde do cérebro. Comece removendo todos os alimentos inflamatórios, incluindo açúcar refinado, glúten, óleos refinados, alimentos fritos e processados, laticínios convencionais, carne e ovos alimentados com grãos, refrigerantes e bebidas açucaradas e alimentos aos quais você é sensível.

Em vez disso, faça uma dieta antiinflamatória com muitas verduras, vegetais, frutas de baixo índice glicêmico, ervas, temperos, gorduras saudáveis, carne alimentada com pasto e peixes selvagens.

Jejum intermitente

O jejum intermitente é uma estratégia de jejum que circula entre o jejum e a alimentação durante um determinado período. Ajuda a reparação celular, autofagia, regulação imunológica, níveis de inflamação e sensibilidade à insulina e diminui o risco de doenças crônicas, incluindo condições neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer.

Líderes espirituais e filósofos como Platão falaram sobre os benefícios do jejum para melhorar a eficiência mental, criatividade, intuição e sensação de bem-estar. .

Entrando em cetose de vez em quando

Sob as circunstâncias normais, o corpo da maioria das pessoas cria energia quebrando a glicose dos carboidratos da dieta. No entanto, quando seu corpo não recebe suprimento de glicose suficiente, ele se transforma em gordura corporal armazenada ou dietética para obter energia. Essas gorduras são convertidas no fígado em cetonas que entram nas mitocôndrias dentro das células para serem transformadas em energia.

Este processo de cetose ajuda a aumentar a autofagia, reduzir a inflamação, melhorar a biogênese mitocondrial, melhorar a saúde do cérebro e aumentar a agudeza mental. A melhor maneira de sentir cetose é por meio da combinação da dieta cetônica e do jejum intermitente.

Não estou dizendo que você precisa seguir uma dieta cetogênica o tempo todo; você pode variar sua nutrição, mas trabalhar ativamente para entrar em cetose de vez em quando é extremamente benéfico para a regeneração do cérebro. Para aprender mais sobre cetose, recomendo este artigo e para saber mais sobre como a dieta cetônica melhora a saúde do cérebro, leia este.

regeneração cerebral, regeneração cerebral: 12 maneiras de curar células cerebrais

Movimento e exercícios regulares

Como você aprendeu antes, movimentos regulares e exercícios não são apenas parte de um estilo de vida saudável, mas são essenciais para a saúde do cérebro. Eles podem ajudar a diminuir a inflamação crônica, reduzir os níveis de estresse e diminuir o risco de problemas de memória, dificuldades de aprendizagem e declínio cognitivo.

Eu recomendo que você se exercite pelo menos 20 a 30 minutos no mínimo 5 vezes por semana. Experimente uma combinação de exercícios cardiovasculares, treinamento de força e resistência e exercícios de baixo impacto. Tente se manter ativo durante todo o dia optando por subir as escadas, dar uma caminhada na hora do almoço, alongar-se regularmente, fazer jardinagem e dançar sua música favorita.

Reduza o estresse e pratique a gratidão

Reduzir seus níveis de estresse não é negociável para a regeneração do cérebro e saúde mental. Para reduzir o estresse, experimente meditação regular, oração diária, respiração, diário, exercícios regulares, gravações de relaxamento, gratidão diária e caminhadas pela natureza. Pratique a auto-fala positiva e as afirmações para uma poderosa mudança de mentalidade e humor.

Pratique a gratidão e a oração diárias. Mantenha um diário de gratidão e conte sua bênção ao longo do dia. Lembre-se de que, quando você está em um estado de gratidão, a energia negativa, o estresse e a ansiedade não têm espaço.

Priorize uma boa noite de sono

Priorizar um sono de boa qualidade é fundamental para a regeneração do cérebro e saúde mental. É essencial para o descanso, reparo e rejuvenescimento celular. Desenvolva uma rotina noturna regular que relaxe seu corpo antes de dormir e funcione para você. Evite açúcar e cafeína ao longo do dia, especialmente à noite.

Desligue seus aparelhos eletrônicos várias horas antes de dormir. Envolva-se em atividades relaxantes. Medite, escreva um diário, leia, leia, alongue-se e beba um pouco de chá de ervas. Certifique-se de ter uma cama confortável, roupas de cama e travesseiros. Experimente algumas cortinas opacas ou uma máscara de dormir.

Apoie a saúde intestinal

Como você aprendeu, seu cérebro e intestino estão intimamente ligados, portanto, apoiar seu intestino é absolutamente necessário para curar suas células cerebrais. Comer uma dieta saudável, antiinflamatória e rica em nutrientes é uma obrigação.

Além disso, apoie o equilíbrio do microbioma intestinal com bactérias saudáveis, comendo alimentos ricos em probióticos, como chucrute, kimchi e kefir, e tomando um suplemento probiótico diário.

Exercícios neuróbicos

Neuróbica é um termo usado para descrever os efeitos fisiológicos de maneiras únicas e não rotineiras de pensar e se mover e seus efeitos no cérebro para melhorar a memória, o aprendizado, o humor e a mentalidade. Esses exercícios podem ajudar a estimular a regeneração do cérebro, desafiando o cérebro a pensar e se mover de maneiras únicas.

Os exercícios de neuróbica incluem equilibrar-se em uma perna, fazer palavras cruzadas, experimentar um novo instrumento, usar a mão não dominante, andar descalço e registrar no diário. Para aprender mais sobre os benefícios dos exercícios neuróticos, li este artigo.

Reduza sua carga tóxica

Para otimizar a saúde do seu cérebro, você não pode se esquecer de reduzir sua carga tóxica. Coma alimentos orgânicos tanto quanto possível. Remova os produtos convencionais de beleza, corpo e casa e substitua-os por alternativas orgânicas, naturais ou caseiras.

Passe o tempo na natureza tanto quanto possível. Obter uma boa filtragem de água também é especialmente importante. Você também pode obter um filtro Berkey de qualidade ou aumentá-lo e usar um sistema de hidrogênio que adiciona hidrogênio molecular para combater o estresse oxidativo e melhorar a saúde imunológica.

Use Magnésio

Um dos nutrientes essenciais para a regeneração cerebral adequada é o magnésio. O magnésio é fundamental para a saúde do cérebro, mental saúde, relaxamento e alívio do estresse.

O magnésio ajuda a função muscular, condução nervosa saudável, função neurológica, produção de energia, humor e saúde mental. Dissolva uma colher em 6 onças de água pura e fria. Tome uma vez por dia à noite.

Use ervas para melhorar a autofagia

A autofagia é o método natural de desintoxicação do seu corpo. Ele permite que seu corpo se recicle e se livre de células velhas e prejudiciais, deixando espaço para a criação de células novas e saudáveis ​​para substituí-las. Para curar as células cerebrais, recomendo ervas que melhoram a autofagia, incluindo chá verde matcha, gengibre, cúrcuma, resveratrol, bergamota cítrica, orégano, sálvia, alecrim e quercetina.

Use nutrientes de suporte mitocondrial

Para uma saúde cerebral ideal, também recomendo que você apoie sua saúde mitocondrial. Mito Support ™ foi projetado para apoiar a função das mitocôndrias, que é a força motriz da sua célula e a chave para a saúde celular.

É uma mistura de nutrientes, nutracêuticos, botânicos e intermediários do ciclo de Krebs projetados para apoiar o metabolismo mitocondrial eficiente e a produção de energia (ATP) para aumentar a vitalidade. Ele oferece suporte à saúde do cérebro, cognição, saúde mental e níveis de energia saudáveis. Apoiar suas mitocôndrias é um princípio fundamental para a regeneração do cérebro.

Bônus: considere a terapia de oxigênio hiperbárico

Para obter suporte adicional, considere a oxigenoterapia hiperbárica. Foi demonstrado que aumenta os níveis de oxigênio nos tecidos, estimula o crescimento de novos vasos sanguíneos, aumenta o sistema de defesa do seu corpo, reduz o inchaço, aumenta as células-tronco e apoia uma saúde ideal.

A regeneração do cérebro pode ser melhorada com o uso regular de oxigenoterapia hiperbárica.

Considerações finais sobre regeneração do cérebro


A saúde do seu cérebro é essencial para a memória, aprendizado, agudeza mental, humor e saúde mental. A boa notícia é que seu cérebro é capaz de se regenerar e criar novas células ao longo de sua vida.

A regeneração do cérebro é um tópico poderoso que deve nos capacitar a viver em um nível superior. Siga minhas 12 dicas para curar as células do seu cérebro e apoiar a saúde do seu cérebro naturalmente. Para obter mais informações sobre como ativar a capacidade de cura inata do seu corpo, consulte meu Guia de regeneração cerebral gratuito.

Joachim Emidio Ribeiro

Veja Notícias

Outros artigos