Vitamina K – Tudo o que você precisa saber!

Como as vitaminas A, D e E, a vitamina K é uma vitamina solúvel em gordura. Como tal, ela se move ao redor do corpo dentro da molécula de LDL e outras lipoproteínas. 

A vitamina K está envolvida em muitas reações enzimáticas nas quais uma substância é convertida em outra. Uma grande parte do nosso equilíbrio de vitamina K vem das bactérias intestinais existentes. 

Para fornecer vitamina K suficiente ao corpo, vegetais com folhas verdes devem sempre estar em sua rotina diária. Uma dieta rica em vitamina K protege contra doenças cardiovasculares e reduz o risco de fraturas ósseas.

Em nossa loja você encontra Vitamina K de qualidade, não deixe de conferir as opções. Quero conhecer!

vitamina_k

Que formas de vitamina K existem?

Vitamina K1

A vitamina K1 é encontrada principalmente em alimentos vegetais, por exemplo, em vegetais verdes. Cerca de 75 a 90 por cento de todo o consumo humano de vitamina K é K1.

Vitamina K2

A vitamina K2 é um grupo de compostos principalmente de alimentos de origem animal, como carne, queijo e ovos, que são sintetizados por bactérias intestinais. 

O que a vitamina K faz?

Toda a vitamina K é usada para ativar proteínas que desempenham um papel importante na coagulação do sangue e na manutenção da saúde do coração e dos ossos.

A vitamina K promove a coagulação do sangue

A vitamina K ativa as proteínas necessárias para a coagulação do sangue, causando uma mudança menor, mas decisiva, na estrutura da proteína. Isso é especialmente verdadeiro para o ácido glutâmico, um importante bloco de construção das proteínas. 

Qual é a necessidade de vitamina K?

A vitamina K foi descoberta há muitas décadas. No entanto, a necessidade de vitamina K ainda se baseia apenas nas quantidades necessárias para a coagulação do sangue saudável – e não na quantidade ideal que seria necessária para manter ossos e artérias saudáveis.

Vários benefícios da vitamina K para a saúde

Saúde óssea. Alguns estudos mostram que a vitamina K ajuda a manter a resistência óssea, aumenta a densidade óssea e reduz o risco de fraturas.

Função cognitiva do cérebro. Níveis elevados de vitamina K no sangue têm sido associados ao aumento da função cognitiva em adultos mais velhos, de modo que podem ajudar a prevenir a senilidade na velhice.

Saúde do coração. A vitamina K pode ajudar a manter a pressão arterial baixa, evitando a formação de minerais nas paredes dos vasos sanguíneos, que são os principais fatores de risco para doenças cardíacas. Além disso, a ingestão adequada de vitamina K também reduz o risco de acidente vascular cerebral.

Quão ideal é a quantidade de vitamina K necessária ao corpo?

A quantidade de vitamina K necessária para cada pessoa varia, dependendo da idade, sexo e atividades. 

Não há efeitos colaterais prejudiciais se você usar a vitamina K em excesso. Mas você não precisa consumir muito todos os dias. Muita vitamina K de suplementos ou alimentos diários é armazenada no fígado (fígado) para reserva posterior.

O que acontece se alguém tiver deficiência de vitamina K.

Sem vitamina K suficiente, seu corpo não consegue produzir protrombina, que é uma proteína especial que atua na coagulação do sangue e no metabolismo ósseo. Se isso acontecer, você achará mais fácil sentir hematomas, mesmo que seja apenas um ferimento leve. 

A deficiência de vitamina K também o torna mais sujeito a sangramento e difícil de curar, mesmo que seja apenas um pequeno arranhão. Como o sangue fica dulítico, ele congela quando o corpo não tem protrombina suficiente.

Não raro, o sangramento que não cicatriza pode ter consequências graves, especialmente se os ferimentos forem muito graves.

Nós da Quero tudo Natural trazemos até você a Vitamina K, dá uma conferida clicando nesse link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *